Ensino

Ensino de Bem-estar Animal

Assim como em muitas áreas, a possibilidade de se conquistar melhorias nas ações profissionais no campo do bem-estar animal é bastante sólida quando o assunto é priorizado durante a formação acadêmica. Este fato se reveste de importância ainda maior ao se considerar que o ensino de bem-estar animal era inexistente no Brasil até o final da década de 90. Portanto, a maioria dos profissionais que tem a responsabilidade de zelar pelo bem-estar dos animais não recebeu uma formação institucional nesta área. Desta forma, o ensino de bem-estar animal tem alta prioridade nas metas do LABEA/UFPR, em nível de graduação e pós-graduação.

 

Introdução à docência em BEA

O LABEA/UFPR participa do projeto “Conceitos em Bem-estar Animal” da Sociedade Mundial de Proteção Animal. O principal objetivo deste projeto é fomentar a inserção da disciplina de Bem-estar Animal nos cursos de graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia. O LABEA/UFPR teve oportunidade de colaborar com (1) a tradução do material didático produzido pela Universidade de Bristol, Reino Unido; (2) a contextualização do material para o cenário brasileiro; (3) a construção da estratégia de trabalho em nível nacional; (4) a efetivação do trabalho em nível nacional, que constitui da oferta dos cursos de “Introdução à docência em bem-estar animal” para professores vinculados a instituições de ensino superior; (5) a organização de relatórios periódicos de todas as edições do referido curso; (6) a construção de estratégias adicionais, como a rede de professores de bem-estar via internet e a organização dos Congressos Internacionais Conceitos em Bem-estar Animal.

 

Disciplina de bem-estar animal da UFPR

A disciplina de Bem-estar Animal é ofertada na Universidade Federal do Paraná desde 2006, em caráter de optativa para os cursos de graduação em Medicina Veterinária e Zootecnia e como eletiva para os alunos de qualquer curso que tenham interesse no assunto. Também no mesmo ano, iniciou-se a oferta da disciplina de Bem-estar Animal no curso de Pós-Graduação em Ciências Veterinárias. Em todos os casos a disciplina é semestral com carga horária de 60 horas. Para a graduação, as disciplinas de suinocultura, avicultura e bovinocultura de leite são consideradas pré-requisitos, assegurando que o aluno inscrito esteja no quarto ou quinto ano do curso de Medicina Veterinária e no quinto ano do curso de Zootecnia.

 Para maiores detalhes clique nos links abaixo.

Disciplinas Graduação

Disciplinas Pós-graduação